As pessoas felizes são chatas

AS PESSOAS FELIZES SÃO CHATAS

Então algo captou novamente o meu olhar na distância e por um momento me surpreendi olhando aquele imenso balão roxo, que amarrado ao solo subia na direção da luz e do azul que muitos usam chamar de ‘nada’, mas que para mim é “céu”.

Aquilo me fez lembrar no vazio dos homens e vendo outros balões subindo senti que o vazio nem sempre é ruim e o que chamamos de vazio,… às vezes é a plenitude e o “Todo” que não conseguimos ver.

A vida acontece no vazio do casulo onde a lagarta descansa para se tornar borboleta e sair por aí toda bela e vestida de cores para visitar cada florzinha perdida.

A música precisa do silêncio para ser ouvida e é no vazio entre uma e outra nota que ela se faz possível. As palavras precisam do espaço vazio onde são escritas. A jarra pode ser de prata ou de barro. Isto não importa; porque é no vazio entre as paredes que são colocadas as flores e é no vazio que se encontra o sentido do jarro.

Muitos acham que a felicidade está em ter muito e na vida inflada de coisas e se achando cheios de verdades, de sucesso e de sabedoria param até mesmo de pensar.

O fato é que as pessoas felizes geralmente são chatas e fúteis, mas aquelas que sofreram agora são mais humildes, cresceram e sabem escutar.

Aqueles que não tiveram nada e ficaram sozinhos são mais fáceis de amar porque ficaram cheios de um imenso vazio, sentiram saudade, derramaram lágrimas aprenderam a valorizar a presença dos outros e é neles há sempre um lugar limpinho e a espera do nosso amor.

José carlos vitor gomes, Psic.
Cel. 19 99191-5685

Ainda não existe comentários

Deixe uma resposta